TROVAS NOVAS

20 de Abril de 2017 RicardoC Trovas 91

VIGÉSIMA QUINTA
Tudo é confuso -- não nego --
E o que tenho sido não sei,
Se rei em terra de cego
Ou cego em terra sem rei.

* * *

VIGÉSIMA SEXTA
Cheia de boas intenções
Fez-se da vida um inferno...
De que valem ilusões
Quando o suplício é eterno?

* * *

VIGÉSIMA SÉTIMA
Vive com medo de aranhas
Quem d'elas teme o veneno.
Eu a conversas estranhas
Evito desde pequeno.

* * *

VIGÉSIMA OITAVA
Dizem que em noite de lua
Aparece assombração.
Mulher de branco na rua
Já me dá palpitação.

* * *

VIGÉSIMA NONA
Devagar se vai ao longe
E com Deus no coração.
Se o hábito não faz o monge,
Tampouco a cruz o cristão.

* * *

TRINTA
-- "Ó menina dos meus olhos!
Ó menina d'olhos meus!
Por que prendes a ferrolhos
Este amor que te deu Deus?"

* * *

Esse texto está protegido por direitos autorais.
Cópia, distribuição e execução são autorizadas desde que citados os créditos.

Leia também
CORNÓPOLIS. há 2 horas

Em Cornópolis tudo é malandragem. Tudo termina em pizza, quando o sujei...
reribarretto Humor 26


um amor incondicional épico! há 18 horas

Quão linda estas hoje amada minha! Não, não fale nada, aprecie o mome...
diannahgomes Mensagens 12


Tentando há 18 horas

Estou mantendo-me de pé por questão de escolha, pois por tudo que sucede ...
diannahgomes Pensamentos 12


pensamentos há 18 horas

Eu não preciso nem fechar os meus olhos que eu te vejo, Que eu te sinto, ...
diannahgomes Poesias 10


SOU PRA VOCÊ... há 2 dias

SOU PRA VOCÊ... Sou pra você mais do que mereço Você sempre atent...
seldaantunes Poesias 56


Rouba-me! há 2 dias

Rouba-me! Surge assim do nada e rouba-me! Rouba-me meu amor e ainda...
seldaantunes Poesias 42