Não foram poemas nem rosas
Que arrancaste do meu jardim
Foram quadras foram prosas
Duma musica que cantei para ti

O vida es um mar de rosas
Que perfumas minha solidão.
São palavras e mais prosas
Que iluminam o meu coração...

O beija-flor passa a sua vida
Beijando as mais bonitas flores do meu jardim
Te beijarei, entre abraços, prosas e rosas,
Meu querido passarinho, beija-me também a mim...